Prévia de Spore pelo Spore Zone

Nosso amigo ChEeTaH do Spore Zone teve a chance de ver Spore de perto na EA do Reino Unido e dá uma bela visão geral de cada fase do jogo, dos Criadores, da Sporepédia e do Spore Creatures e Spore Mobile.

O jogo está ficando muito bom. As mudanças desde 2006, quando eu o vi pela última vez em ação na E3 em Los Angeles e na Games Convention em Leipzig, são imensas. O jogo está bem colorido e a interface de controles é intuitiva. A Sporepédia é um elemento excelente que torna o compartilhamento das suas criações bem fácil. As versões para DS e Mobile são de acordo com o que elas devem ser, mas não são do meu gosto. Elas não vão prender a minha atenção por muito tempo, diferente da versão para PC que tem tudo.

O jogo dá muita liberdade e permite que você seja bem criativo. Você pode gastar todo o seu tempo com os editores e não precisa jogar o jogo em si. Se você não é do tipo criativo, você pode só baixar umas criações e sair jogando com elas. Não importa, já que o que você faz no seu jogo não afeta os jogos de outras pessoas. E, sendo um jogo da Maxis, ele é bem engraçado e vai fazer você rir o tempo inteiro. Mesmo com os atrasos, parece que a Maxis vai entregar o jogo que eles estão prometendo desde 2006.

O jogo será lançado na primeira semana de setembro desse ano. Requisitos de sistema não foram divulgados, mas segundo a EA o jogo escala bem e não vai precisar de computadores muito poderosos para rodar.