Diga NÃO ao DRM de Spore!

Está na hora de nos opormos à ideia da EA de implementar o novo sistema SecuROM que precisará que os jogadores validem seus jogos a cada dez dias.

Eu estou decepcionado que eles estão trazendo esse recurso de “segurança” ao Spore, é um tapa na cara dos seus jogadores. Basicamente, o que a EA está fazendo é supervisionando os jogadores que estão comprando seus jogos. A cada dez dias, nossas cópias de Spore vão contatar os servidores da EA para validar o jogo que compramos para permitir que podemos continuar jogando. É uma das ideias mais estúpidas que a EA já teve.

O principal ponto que me desaponta é que Spore era para ser um jogo com recursos online mas que poderia ser jogado completamente offline. Agora? Parece que não vai ser assim. Qual o benefício de ter um jogo offline que precisa estar conectado aos servidores da EA? Se você estiver de férias por um mês na praia e não tiver internet e quiser jogar Spore no seu laptop você não vai poder!

Essa ideia de SecuROM parece um tiro no pé da EA, e eu tô prevendo que isso vai causar mais pirataria no jogo, porque os piratas vão conseguir cópias sem o DRM e vão ter todos os benefícios do jogo enquanto as pessoas que o compraram vão ter que sofrer com esses sistemas que previnem a pirataria mas que não funcionam e só complicam a vida dos seus consumidores.

É um grande erro da EA, e vamos ver como isso vai refletir nas vendas do Mass Effect. Eu não quero que algo assim aconteça com Spore, e nós precisamos agir e mostrar nossa insatisfação para a EA e evitar que isso aconteça. Mande emails para contato3@ea.com e vamos pôr um fim nessa ideia terrível.