Spore pode usar SecuROM

O GamingSteve conseguiu informações de que Spore vai usar um sistema de controle de instalações chamado SecuROM, que vai requerer que o jogador fique conectado à internet para instalar e validar o jogo. Confira a explicação de como esse sistema funciona abaixo:

Isso é o que o SecuROM faz:

Após ser ativado, o SecuROM vai obrigar revalidar o jogo a cada dez dias (caso a chave serial vaze, ela pode ser banida). Para que esse prazo de dez dias não seja muito abrupto, o SecuROM tenta revalidar a instalação nos últimos cinco dias desse prazo para deixar ele validado por mais dez dias. Se ele não puder ser revalidado antes desses 10 dias, nada acontece com o jogo. Mas depois desses 10 dias, ele vai ter que ser revalidado antes de abrir.

Outro jogo lançado pela EA esse ano, Mass Effect, usa o SecuROM, e os rumores de que Spore vai usar também estão aumentando. Quando alguns membros da comunidade falaram com MaxisCactus, ela respondeu:

Eu não posso comentar sobre o SecuROM no momento, mas nós estamos cientes da preocupação dos jogadores e vamos mandar novas informações conforme elas ficarem disponíveis.

Vale lembrar que Spore pode ser jogado offline, então não sabemos exatamente se o SecuROM só vai validar os recursos online, como a Sporepédia, a página Meu Spore e a Spore Store, ou se vai influenciar no jogo offline também. Esperamos mais informações da Maxis.