Will Wright deveria ser o primeiro nome nos créditos de Spore?

Don Reisinger:

É cada vez mais comum os desenvolvedores falarem sobre “o time”. Diferente da indústria de cinema, onde nós nos focamos nos diretores e nas celebridades, a indústria dos jogos parece amar a ideia de que um time criou um jogo e não existe uma pessoa que se destaca na multidão.

Mas essa é realmente a melhor maneira?

Vamos encarar isso — a maioria das pessoas se importa com Spore porque Will Wright criou ele. Se um desenvolvedor zé-ninguém tivesse essa ideia, nós certamente iríamos ouvir alguns rumores do seu progresso, mas não teriam tantas pessoas se importando com notícias aleatórias caso o jogo desaparecesse.

Eu não sei se concordo. Primeiro porque a indústria dos jogos é bem diferente da do cinema, e porque acho que a maioria dos fãs de The Sims e SimCity hoje em dia não conhecem muito Will Wright, e sim a Maxis. É um jogo dos mesmos criadores. A ideia até pode ter sido do Will, mas todo mundo sabe que um jogo se transforma durante o desenvolvimento, porque depende de muito mais gente além da ideia original. Falar que é um jogo da Maxis significa muito mais pra mim do que um jogo do Will Wright, por exemplo.