CNET: Começa a contagem regressiva de Spore

CNET:

A indústria dos jogos, ansiosa por um grande sucesso, obviamente espera que Spore alcance suas expectativas. E a Electronic Arts também, que está prestes a começar a receber um bom cheque, impedindo um desastre imprevisto. Depois de dois anos de atrasos e expectativas aumentadas, existe uma pressão a mais sobre a EA (e Wright) para impressionar todo o mundo de novo. Com 92 empregados em tempo integral trabalhando no jogo e milhões investidos em pesquisa e desenvolviment (a EA recusa dar detalhes mais específicos) a empresa está agindo como se já tivesse um mega-sucesso em suas mãos. Durante a conferência quinzenal, o CEO John Riccitiello até mesmo sugeriu que a EA eventualmente precisará de uma marca interna para Spore, como precisou criar para o The Sims no passado.

Dois novos protótipos: Labirinto Urbano e Cultura Celular

Dois novos protótipos foram colocados no Spore.com no SporeDay dessa semana: Labirinto Urbano e Cultura Celular.

Cultura Celular:

O Cultura Celular é uma simulação de propagação de vida e cultura por uma superfície planetária no estilo SimCity.

O planeta é representado como uma matriz de células. Cada célula possui diversas variáveis, indicando a quantidade e o tipo de formas de vida presentes naquele local.

A vida se desenvolve e se espalha de célula para célula de acordo com essas variáveis. Quanto mais favoráveis as condições, mais rápida será a taxa de crescimento e expansão.

Labirinto Urbano:

O Labirinto Urbano é um protótipo de simulador de cidades baseado em agentes. O jogador controla uma cidade povoada por criaturas Sim.

Os jogadores podem construir estruturas residenciais, industriais, de entretenimento e de defesa. Quando as criaturas Sim entram nestas estruturas, elas podem descansar, produzir receita, melhorar seu humor e defender a cidade contra ataques inimigos.

Felizes, seguros e descansados, as criaturas se multiplicarão e produzirão mais receita. Tristes, ameaçados e cansados, elas ficarão aborrecidas e irão embora da cidade.

Você pode baixar os novos protótipos no Spore.com ou na nossa página de downloads.

Não compare o sucesso de Spore com o de The Sims

GameDaily:

Dito isso, a EA não quer colocar o peso em Spore de ter que alcançar as expectativas de vendas de um jogo The Sims. “Eu posso dizer que ninguém na EA está comparando Spore com o sucesso criado por The Sims”, disse Patrick Buechner, vice presidente de marketing da Maxis para o CNET. Ele disse ainda que “eles são dois animais completamente diferentes. Spore é um jogo que tem muito a oferecer aos jogadores por muito tempo depois da compra — um modelo de negócios diferente da maioria dos videogames tradicionais”.

Acho que isso é essencial. Nenhum outro jogo vai alcançar o sucesso de The Sims no PC. É um jogo muito específico que apela para muitas pessoas, e o modelo que ele usa é bem exclusivo e cabe apenas nessa franquia. Spore é um jogo diferente, que vai atrair outras pessoas com outras preferências. Eu acho que Spore não é tão específico quanto The Sims — que cada elemento do jogo possui uma complexidade imensa para os jogadores mais dedicados. Mas ainda há muito pra se descobrir com Spore, e acho que os fãs vão descobrir nos meses após o lançamento do jogo.

EA pode conectar os jogos de Spore no futuro

MTV Multiplayer:

Ainda não há uma conexão única entre todos os jogos Spore ainda, mas a intenção dos criadores é de que cada uma das versões de Spore possam acessar o conteúdo da mesma Sporepédia. Isso não vai acontecer na primeira onde de spin-offs de Spore, mas a versão para iPhone ode ser atualizada para incluir essa funcionalidade no futuro.

Eu vou adorar quando isso acontecer. Começar a jornada no celular, ir para o Nintendo DS enquanto tô no intervalo da aula e, quando chegar em casa, explorar o espaço quando eu chegar em casa. Ainda tá claro que isso não tá planejado pro Spore Origins e pro Spore Creatures, mas parece algo muito interessante que pode acontecer já com a segunda onda de jogos Spore que deve vir… em breve.