Versão avulsa do Criador de Criaturas em pré-venda na Amazon

O Spore Illustrated notou que a Amazon.com está listando a edição avulsa do Criador de Criaturas do Spore em pré-venda por 10 dólares.

Eles estão listando o lançamento dessa edição para o dia 17 de junho, mas vamos considerar que a Maxis ainda não anunciou quando esse pacote vai ser lançado. A gente também sabe que vai haver uma versão gratuita do Criador que contém 25% do conteúdo.

Scans de uma matéria sobre Spore na revista UK PCFormat

A revista inglesa UK PCFormat publicou uma matéria sobre Spore e a UOEM conseguiu umas scans da revista.

Como a EA pediu para que os fã-sites não postassem scans de revista nem nenhum outro material que pudesse ser ilegal, nós não vamos publicar as imagens aqui, mas você pode conferí-las na galeria da UOEM.

O que aconteceria se a EA desaparecesse?

GameOn:

Na verdade, o único jogo que me vem em mente que tem alguma significância que a EA esteja lançando é o Spore de Wright. Claro, esse jogo pode ser o jogo que vai alinhar todos os corpos celestiais, mas você não cria um império de inovação nas costas de um cara que cria dois ou três hits em duas décadas.

O artigo levanta bons pontos sobre a dependência problemática da EA sobre dois ou três títulos (um deles é The Sims, o outro é FIFA e Madden), e os últimos anos da EA tem sido problemáticos com a quantidade de jogos decepcionantes, como o jogo dos Simpsons e tal.

Mas eu também duvido que outra grande distribuidora estivesse disposta a oferecer oito anos a um de seus estúdios para desenvolver uma propriedade intelectual nova como Spore. E é a segunda vez que a EA está fazendo isso com a Maxis, porque The Sims também teve muito tempo de desenvolvimento e incerteza.

Novo artigo sobre Spore

Tyler Waldman, The Towerlight Online:

Conforme sua espécie evolui, ela ganha inteligência. Sua espécie vai construir tribos, e entào cidades. Mas nem tudo é pacífico. Outras espécies alienígenas podem visitar, e podem ou não vir em paz. Se o jogador não for cuidadoso, o jogo pode se tornar em um verdadeiro “Star Wars”.

E quando a história da sua espécie for concluída, e ela tiver se transformado em uma enorme civilização com cidades por todo o planeta, jogadores podem começar vida em outros planetas e fazer tudo de novo. Ou juntar dióxido de carbono o suficiente para destruir tudo. Ou apenas explodir tudo. Sua escolha.

Eu sempre gostei desse aspecto dos jogos da Maxis, que a gente pode criar coisas com eles. Mas é mais legal ainda em Spore, porque a gente decide também como destruir. É uma reviravolta legal na lógica dos jogos da Maxis.