Podcast sobre os recursos de comunidade de Spore

Caryl Shaw, parte da equipe de Spore, foi entrevistada pelo Gamasutra em um podcast sobre as ferramentas de comunidade do jogo.

Não há informações que a gente já não saiba, Caryl dá mais detalhes sobre a infraestrutura que está sendo preparada para o lançamento do jogo, e como a equipe pretende interagir e incentivar a comunidade — criando seções com criações em destaque, concursos e tudo o mais. Não há detalhes sobre o quanto isso será integrado no jogo (se podemos adicionar criações a um concurso direto no jogo, por exemplo). Caryl diz que todos os recursos online de Spore serão acessíveis dentro do jogo e pelo navegador.

Robin Williams jogando Spore

Robin Williams teve a sorte de jogar a demonstração de Spore no evento fechado para a imprensa na E3, e a gente tem a sorte que temos vídeos disso acontecendo. Confira abaixo ele criando uma criatura e divertindo o público:

E aqui o vídeo que o Joystiq divulgou do evento, um pouco mais longo:

MDS Spore ARRASA!!11!!1!

Joystiq:

Na minha demonstração, eu voei do meu planeta natal, saí do sistema estelar, e foi então que meu queixo caiu. Eu vi milhões de estrelas e cliquei em algumas delas. Eu percebi que “nossa… esse jogo é imenso. O mero escopo não importa tanto quanto tudo o que você pode fazer em cada planeta. Eu voei para outro sistema estelar, comecei a terraformar um mundo chamando um meteoro, então eu encontrei uma civilização em outro mundo, e destruí sua cidade capital com uma bomba de antimatéria. Sim, cruel… e sim, eu gostei.

No fim das contas, a data “quando estiver pronto em 2007” não me deixou muito triste. Na apresentação da Wired, [o ator Robert] Williams travu o jogo ao tentar criar uns filhotes, então é óbvio que ainda há o que fazer para deixar o jogo funcionando direito. O pessoal da empresa disse que a EA está com uma abordagem “sem se meter”, e eles estão ok só esperando até que o jogo esteja pronto. Eu não disse a eles que eu queria esperar na fila, pagar $600 dólares e então vender todos os órgãos vitais necessários apenas para jogar o jogo final. Ele realmente tem o potencial de se transformar na obra prima de Will Wright.